A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.
Mostrando postagens com marcador Restauração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Restauração. Mostrar todas as postagens

domingo, 22 de junho de 2014

Representante exclusivo da restauração nacional

Nenhum país será restaurado por influência política, médica, festivais Gospel, programas de TV, revistas, bandas, portais e rádios não foram escolhidos como representantes de Deus.

A única representante juramentada e capacitada para implantar o Reino, retirando as pessoas do mundo para transporta-las para no Reino do seu amor é a Igreja.

Efésios 1:21-23. "muito acima de todo governo e autoridade, poder e domínio, e de todo nome que se possa mencionar, não apenas nesta era, mas também na que há de vir. Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés e o designou cabeça de todas as coisas para a igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que enche todas as coisas, em toda e qualquer circunstância".

De todos estas organizações, a mais distante é a política. Igrejas ainda podem ter editoras, programa de TV e revistas, mas partidos políticos não podem ter.

O cristão pode ser político, médico, jornalista, administrador, motorista, estivador, etc, mas a escolha da profissão é pessoal e não pode exercer o seu trabalho em nome da Igreja, mas deve dar um bom testemunho.

Ubirajara Crespo

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Muda o pensamento ou corta a cabeça fora?



Compartilhei esta palavra na Reunião de homens da Igreja Evangélica do Maracanã, em Atibaia, aqui pertinho de casa. 
Foi esta semana. Quarta às 7 da matina.

Mt 15:11: "... não é o que entra pela boca o que contamina o homem, mas o que sai da boca, isto, sim, contamina o homem". 
Creio que por falta de espaço nos quatro Evangelhos para pormenores, Jesus não incluiu pés, mãos e partes íntimas do restante do Corpo Humano.
Alguns países que adotaram a Sharia levaram esta palavra ao extremo e passaram a cortar as mãos de quem roubava, os pés dos que pulavam cercas e, como dizem os nordestinos, capavam os adúltero.
Extirpar, excluir e isolar é sempre mais fácil do que tratar. Uma letra que mata X uma frase, uma atitude ou aproximação que da vida.
Se começarmos a cortar fora todos os órgãos que servem de instrumento para o pecado, haja serrote!
-1. Se você falar mal de alguém vai fazer o que?
a. Tirar fora a língua?
b. Eliminar a vitima? 
c. Mudar o coração?
 
-2. Se roubar um banco vai fazer o que? 
a. Acabar com os bancos?
b. Jogar fora o revolver?
c. Mudar o coração?
 
-3. Se tiver uma intoxicação por causa do abacate, vai fazer o que?
a. Destruir todos os pés de abacate da Terra?
b. Jogar seu intestino fora?
c. Mudar o coração?
Ora, se falamos, fofocamos, brigamos, roubamos, pulamos e adulteramos por causa do que temos dentro do coração, seria mais razoável fazer um transplante. 
Existe, porém, alguns problemas técnicos para resolver:
1. Onde vamos arrumar tanto coração para repor a peça extirpada do corpo do pecador?
2. Quem garante que o novo coração não esta contaminado pelo pecado.
Ora, se o novo coração sair do corpo de algum descendente de Adão, com certeza estará seriamente comprometido. 
Pode até acontecer de trocar seis por uma dúzia.
3. Onde conseguiremos um coração descontaminado?
O profeta Ezequiel matou esta charada ao falar em nome de Deus dizendo:
Ez 11:19: "Dar-lhes-ei um só coração, espírito novo porei dentro deles; tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei coração de carne".
Entendo que Ezequiel profetizava acerca de Jesus, o único ser humano que não descendeu de Adão, pois nasceu somente da mulher. 
O coração de Cristo não foi contaminado, visto que o pecado é transmitido pelo homem e não pela mulher (Rm 5.12).
Jesus foi o cabeça de uma nova raça, sendo ele mesmo o Segundo Adão.
Quem nasceu de Adão morrerá eternamente. 
Quem nasceu de novo em Cristo, viverá para sempre. 
"Porque, assim como, em Adão, todos morrem, assim também todos serão vivificados em Cristo" (1Co 15:22).
Só existe um meio de entrar na velhice e continuar novinho em folha:
Usando o método mais drástico e invasivo que se conhece: 
Jesus quer invadir a nossa alma e fazer um transplante de coração.
Ao morrer na Cruz, Jesus assinou um documento de doação de um de seus órgãos vitais.
Ele quer transferir para o nosso peito um coração 
1. sem mágoas, 
2.sem inveja, 
3.sem rancores, 
4.sem historias tristes para contar
5.sem sede de vingança.
Já são tantas as dores das juntas, para que acrescentar a elas as dores da alma?
Um novo coração é tudo o que precisamos.

Ubirajara Crespo

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Quem mandou construir templos?

Dependendo do modo como fazemos e das motivações que nos movem, este costume tão antigo de construir templos pode se transformar em um grande mal.
Há quem alegue que tudo isto virará pó, um dia, o que é a mais absoluta verdade, pois estará no pacote destruidor de tudo o que é antigo. No Novo Céu e a Nova Terra, não haverá necessidade de templos, dias, celebrações especiais fixas. O Senhor estará presente, visível e acessível a qualquer dia e hora.
Os primeiros cristãos não dispunham deste privilégio, que é um local público onde pudessem se reunir. Eram obrigados a se esconderem em catacumbas e lugares escuros.
Precisamos admitir que esta situação não prejudicasse em nada a sua fé.
Os primeiros Templos foram abertos a partir do ano 300, quando Constantino decretou o cristianismo como a religião oficial do Império Romano, o que se tornou uma grande arapuca da qual saímos somente com a Reforma, que ocorreu muitos séculos depois.
Para a visão do Novo Testamento o Templo é um elemento secundário para alimentar a nossa fé. O mais importante é o que fazemos dentro dele. Deveria ser o nosso menor investimento, mas gera gastos que poderiam ser canalizadas na construção da verdadeira igreja, que é feita de gente e não de tijolo.
As construções milionárias já existem, e enquanto estiverem a nossa disposição, vamos usá-las o mais corretamente possível.



        
Watch live streaming video from naosnews at livestream.com

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A mão de Deus aparece no culto da Renascer


Gizuz Ultraman no acampamento de carnaval da Renascer

Mão cenográfica representando a mão de Deus é tocada pelos presentes no acampamento de Carnaval da Igreja Renascer em Cristo.




Acho que já estão exagerando neste esforço para tornar a fé mais compreensível. Geralmente alegam usar estes recursos como um ponto de contato visível que nos remete para o que é invisível.

Parece mais com algum adereço dos carros das Escolas de Samba que desfilaram na passarela do sambódromo durante o carnaval.

O que você acha disto?

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Veja o que nascerá das cinzas

Esta mensagem foi filmada à beira de um lago que me trás à lembrança, momentos muito bons, montados por Deus para a minha preparação ministerial.

Foi baseado em tudo o que aprendi neste lugar, que resolvi gravar esta palavra. O momento parece ser de preocupação com o futuro da Igreja, mas creio que os fatos presentes mostram a sua reconstrução final.

Creio que toda a palha que ajuntamos até aqui, será queimada, o que poderá esquentar um pouco o clima eclesiástico oficial, mas destas cinzas nascerá a verdadeira e indivisível Igreja de Jesus.

As instabilidades ameaçam estruturas seculares, como o papado, por exemplo enquanto as divisões dos evangélicos separa o joio do trigo.

Tudo o que o diabo está fazendo será transformado em bem e ele perceberá tarde demais, que está nos prestando um grande serviço.

É só esperar e ver.

Ubirajara Crespo

naosnews on livestream.com. Broadcast Live Free

sexta-feira, 16 de março de 2012

Dose Certa

O arrependimento e a dose certa e o remorso a errada.

2Reis 18.5. No SENHOR Deus de Israel confiou, de maneira que depois dele não houve quem lhe fosse semelhante entre todos os reis de Judá, nem entre os que foram antes dele.

No SENHOR Deus de Israel confiou, de maneira que depois dele não houve quem lhe fosse semelhante entre todos os reis de Judá, nem entre os que foram antes dele.
2 Reis 18:5

Sem duvida alguma Ezequias tem seu nome escrito nesta lista de reformadores. O Reino do Sul, ao qual comandava, era o que sobrou do povo escolhido por Deus, mas que caminhava trôpego e cambaleante na fé. Israel, o chamado Reino do Norte ja havia sido praticamente extinto.

Como um rapaz de 25 anos mudaria o rumo daquela procissao? Foi o tamanho do compromisso de Ezequias que motivou tamanha reforma. Por amar ao Senhor o Rei colocou a casa em ordem depois de fazer uma grande fachina.

O destaque ficou com Neustã, cujo significado eh "um pedaco de bronze", com o qual Moises construiu uma serpente. Para ela deveriam olhar, aqueles que desejassem ser curados.

Enquanto explicava a sua missao, Jesus prometia salvar a todos que para ele olhassem, validando assim o ato de Moises. O que ha 700 anos foi usado como remedio, se transformou em doenca. Dose, frequencia e via de administracao incorretas, puseram em coma toda a nacao. O arrependimento levanta da queda, mas se for administrado em altas doses, se transforma em remorso e pode ser letal. O remorso eh o seu efeito assassino. Judas que o diga.


O processo de ambos iniciam da mesma maneira: Reconhecimento do erro, a admissão do pecado, sensação de culpa e vergonha. A partir dai, tomam rumos totalmente diferentes. 

O remorso intensifica a sensação de culpa, aumenta o volume de voz do acusador, gera condenação, medo, opressão, autocomiseracao e morte.
O arrependimento, no entanto, segue uma estrada diferente: Livra-nos da culpa e do medo, gera iniciativas de restituição para o lesado, libera do peso emocional, transforma condenação em justificação e a opressão em alegria. 

No final desta estrada a vergonha perde a sua forca e o pecado a sua influencia. 

Ubirajara Crespo

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Degradação interior e ambiental

Isaías 60:18: Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, de desolação ou ruínas, nos teus limites; mas aos teus muros chamarás Salvação, e às tuas portas, Louvor.

Violência e sinal de degradação do ser humano, enquanto a existência de ruínas e sinal de degradação social. Uma se alimenta da outra, mas tudo começa com a degradação interior

O ser humano tem a capacidade de destruir a si mesmo e levar tudo o que esta ao seu redor para o mesmo buraco. Onde se estabelecem, as pessoas produzem alguma ocorrência degradante. Destroem-se reputações, amizades, árvores, atmosfera, esperanças,sorrisos, vidas, boas intenções e tudo o mais.

Nossas megalópoles tem sérios problemas com o tratamento e o armazenamento do lixo produzido por seus cidadãos. Sem falar do lixo existencial que se acumula na alma, nas clinicas de aborto, nas encruzilhadas, nas favelas, nos palácios, nos cortiços, nos motéis, debaixo das pontes e na cracolândia.

Há de se considerar também que o nosso coração e uma fonte multifacetada, pois e capaz de criar a alegria e a tristeza, a cura e a doença, o amor e o ódio, o alimento e a fome, o bisturi e a pexeira.


Seria ótimo se de nosso interior procederem apenas virtudes, Algo que, segundo Isaías, acontecera durante o período mágico de 1000 anos do Reino de Cristo a ser estabelecido na Terra.

Haverá o conhecimento do mal, mas não a sua pratica.

Ubirajara Crespo


Watch live streaming video from naosnews at livestream.com

domingo, 5 de setembro de 2010

Dream Team de Deus, Realidade passada, imitada no presente e prometida para o futuro

Dream Team: Bate e volta, expressão que define bem o efeito produzido pela Palavra lançada em solo fértil. Não fica parada, inerte e sem produzir algum tipo de energia. Este arremesso de Paulo foi bem recebido pelos tessalonicenses, sobre os quai disse:

"... vos tornastes imitadores nossos e do Senhor, tendo recebido a palavra" (1Ts 1.6).



A repercussão foi tão grande que se transformaram em grandes arremessadores:

"... de sorte que vos tornastes o modelo para todos os crentes na Macedônia e na Acaia" (1Ts 1.7).

Choveu cesta de 3 pontos por todo lado.



Com a velocidade do relâmpago receberam o honroso título de imitadores de Cristo, e conquistaram a vaga de "modelos" no primeiro time de Deus. "Modelo", é uma palavra carregada de medalhas e conceitos. Vem do grego "Tipos", que descreve um objeto que ao tocar superfícies como a madeira, por exemplo, deixa algumas marcas. Tipos (typws), palavra grega transliterada para o português usada para descrever os tipos da antiga máquina de datilografia.

Marcas que tocam o papel para formar letras, palavras, frases, conceitos e histórias.



Foi assim que princípios e atitudes bíblicas gravadas com letras de fogo nos corações daquela gente, foram impressas em quem estava perto e longe.

Os seus arremessos foram tão espetaculares, que a cada cesta ecoaram de boca em boca, de quadra em quadra e por transferência contínua, escreveram novas histórias nas vidas de vizinhos distantes na Macedônia e Acaia.



Bons tempos aqueles, não é mesmo? Que tal ressuscitar este time? Cestinhas do time dos sonhos de Deus.

Seja como os tessalonicences que receberam a Palavra com uma alegria impermeável, capaz de resistir às águas ácidas da tribulação mesmo quando (1Ts 1.6). Eles sabiam que o fogo arde, mas o que ele destruiu era apenas palha. Se você olhar para o fogo com este óculos, perceberá que ele é seu amigo.

Murmurar contra este tipo de fogo é murmurar contra Jesus.



A Igreja que eu comecei não é o meu negócio, é o negócio de Deus. Não investi nela com o objetivo de obter retorno financeiro.

Não devo investir no seu engrandecimento com o objetivo de aumentar a minha renda, mas para aumentar o seu alcance.

Ubirajara Crespo