A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Nosso Sistema Solar aponta para um Criador

Nosso Sistema Solar aponta para um Criador, afirma astrofísico

"Se você está tentando construir um sistema habitável, ele precisaria ser muito, muito parecido com o que temos aqui”, destaca.

por Jarbas Aragão

Nosso sistema solar aponta para um Criador, afirma astrofísico

Um novo estudo publicado na revista científica The Astronomical Journal ( http://iopscience.iop.org/article/10.3847/1538-3881/aa9ff6/meta), mostra que nosso sistema solar pode ser único em todo o universo. As características que tornam o nosso arranjo planetário único são os mesmos elementos que tornam a Terra habitável, explica Jay Richards, pesquisador do Discovery Institute e co-autor do livro “O Planeta Privilegiado”.

Os astrofísicos da Universidade de Montreal, no Canadá, estudaram 909 planetas e 355 estrelas e descobriram que, ao contrário do nosso sistema solar, os planetas em outros sistemas são de tamanho semelhante, com espaçamento regular entre suas órbitas, lembra a pesquisadora Lauren Weiss.

Em nosso sistema solar, Júpiter, o maior planeta, é 28,5 vezes maior em diâmetro que o menor planeta, Mercúrio e os planetas têm espaços surpreendentemente grandes entre suas órbitas. Os pesquisadores observaram que essas variações poderiam sugerir que nosso sistema solar se formou de maneira bem diferente dos outros no universo.

Weiss disse que essas disparidades “não ocorreriam se os tamanhos ou espaçamentos dos planetas fossem atribuídos aleatoriamente”. Os pesquisadores compararam as propriedades distintas de nossos planetas às interrupções causadas pelos tamanhos de Júpiter e Saturno.

Para Richards, esse design incomum de nossos corpos planetários mostra a mão de um Criador. O estudioso acredita que esse novo estudo certamente mostra algo muito incomum no nosso sistema solar, formado por alguns planetas rochosos na parte interna, com uma zona habitável (onde fica a Terra) e um par de gigantes cheios de gás na parte externa para proteger os planetas rochosos, exatamente o que é necessário para haver vida.

“Se você está tentando construir um sistema habitável, ele precisaria ser muito, muito parecido com o que temos aqui”, destaca. Com informações WNG.

FONTE: Gospel Prime

Nosso Sistema Solar aponta para um Criador, afirma astrofísico

Nosso Sistema Solar aponta para um Criador, afirma astrofísico

"Se você está tentando construir um sistema habitável, ele precisaria ser muito, muito parecido com o que temos aqui”, destaca.

Por Jarbas Aragão

Nosso sistema solar aponta para um Criador, afirma astrofísico. Um novo estudo publicado na revista científica The Astronomical Journal (http://iopscience.iop.org/article/10.3847/1538-3881/aa9ff6/meta), mostra que nosso sistema solar pode ser único em todo o universo. As características que tornam o nosso arranjo planetário único são os mesmos elementos que tornam a Terra habitável, explica Jay Richards, pesquisador do Discovery Institute e co-autor do livro “O Planeta Privilegiado”.

Os astrofísicos da Universidade de Montreal, no Canadá, estudaram 909 planetas e 355 estrelas e descobriram que, ao contrário do nosso sistema solar, os planetas em outros sistemas são de tamanho semelhante, com espaçamento regular entre suas órbitas, lembra a pesquisadora Lauren Weiss.

Em nosso sistema solar, Júpiter, o maior planeta, é 28,5 vezes maior em diâmetro que o menor planeta, Mercúrio e os planetas têm espaços surpreendentemente grandes entre suas órbitas. Os pesquisadores observaram que essas variações poderiam sugerir que nosso sistema solar se formou de maneira bem diferente dos outros no universo.

Weiss disse que essas disparidades “não ocorreriam se os tamanhos ou espaçamentos dos planetas fossem atribuídos aleatoriamente”. Os pesquisadores compararam as propriedades distintas de nossos planetas às interrupções causadas pelos tamanhos de Júpiter e Saturno.

Para Richards, esse design incomum de nossos corpos planetários mostra a mão de um Criador. O estudioso acredita que esse novo estudo certamente mostra algo muito incomum no nosso sistema solar, formado por alguns planetas rochosos na parte interna, com uma zona habitável (onde fica a Terra) e um par de gigantes cheios de gás na parte externa para proteger os planetas rochosos, exatamente o que é necessário para haver vida.

“Se você está tentando construir um sistema habitável, ele precisaria ser muito, muito parecido com o que temos aqui”, destaca. Com informações WNG. 

FONTE: Gospel Prime


sábado, 3 de fevereiro de 2018

Combo Profético

A Bíblia jamais falou, que a lua de sangue seria o sinal de que a volta de nosso Senhor Jesus Cristo está proxima. Olhe bem o que ela diz: "Mostrarei prodígios em cima no céu e sinais embaixo na terra: sangue, fogo e vapor de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande e glorioso Dia do Senhor.” (Atos‬ ‭2:19-20‬).

Entendeu? Será um pacote de sinais, que deixará todos os cristãos, absolutamente convencidos de que a contagem do tempo chegou ao fim. Por qual motivo devemos separar os sinais e nos concentramos em apenas um deles. A lua vermelha é um fenômeno previsível, pois ocorre de tempos em tempos. Portanto, não é esta a primeira vez, nem será a última.Este pacote profético será desenhado, como um todo, acontecerá repentinamemte e entendo, que os astrônomos não terão como prevê-lo. Será imposto e não construído. O dia virá como ladrão e não constará em nenhuma agenda astronômicaou astrológica.

Considere, porém, que alguns dos sinais estão em fase de formação e escritos, gradativamente, na história. Exemplo disso é a progressivo retorno de Israel para a sua terra e a à intensificação  da divisão do mundo em conglomerados de nações e de interesses políticos, financeiros e religiosos. O Anticristo já está formando o seu pacote de nações, e por mais paradoxal que pareça, as nações que farão parte do seu reino, serão aquelas onde o cristianismo mais se propagou. A decadência da fé cristã marcará o início deste tempo. A proximidade da volta do Senhor será uma época em que os valores inerentes à nossa fé, se degradarão, ao ponto do próprio Jesus duvidar que ainda haverá fé na Terra (Mt 24). Isto já está acontecendo em ritmo acelerado.

Devemos nos fixar neste tipo de sinal, ou seja, a degradação dos nossos valores. O diabo está desviando a nossa atenção para sinais secundários, forçando o abandono da nossa vigilância de nossos valores. Enquanto isso, os valores da nossa fé se deteriora e a fé praticada hoje nas chamadas igrejas Cristãs se distancia, cada vez mais, da fé e original. O diabo já tomou as rédeas do mundo em suas mãos. Fez isso porque a humanidade inteira existente na época da queda do homem, lhe deu este direito.

Ninguém vos engane dizendo: hei-lo ali, aqui e acolá..... (Mt 24)

Quando a Eternidade chegar, os relógios não terão mais nenhuma utilidade. O prazer não terá fim, a alegria não terá prazo de validade, o amor jamais terminará, a verdade não será circunstancial, a aplicação da justiça não será necessária, pois será o ar que respiraremos para sempre, o sofrimento não encontrará dia, hora e minuto algum para se infiltrar em nossas mentes e a prooina não terá mais audiência na TV nem conseguirá um segundo sequer em horários nobres na nossa programação pessoal.

Ele está quase chegando.....

Uccrespo

#luadesangue #sinaisdostempos #escatologia #voltadecristo #riodejaneiro