A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Pedra que os construtores rejeitaram

1 Pedro: 2. 4. e, chegando-vos para ele, pedra viva, rejeitada, na verdade, pelos homens, mas, para com Deus eleita e precioso .

Jesus Cristo não é o tipo de pedra que a maioria dos homens não escolheriam para construir o seu pequeno mundo. Ele foi rejeitado, mas nós o achamos na Cruz, o lugar onde jogavam aqueles que consideravam o lixo humano feito de ladrões, assassinos e criminosos de alta periculosidade.

Pois foi neste lixo que achamos a nossa pedra mais preciosa, a pedra principal, a que mais nos orgulhamos e mais mostramos ao mundo que o rejeitou.

Estamos dispostos a dar até a nossa vida por esta preciosidade, Jesus Cristo é o nosso Senhor.

Deus pegou a mesma pedra que foi rejeitada pelos construtores do sistema mundano, e a transformou naquela em cima da qual construirá o seu Reino.

Jesus é a pedra da qual todos os que o rejeitarem não conseguirão se livrar, antes nela tropeçarão.

1 Pedro: 2. 7. E assim para vós, os que credes, é a preciosidade; mas para os descrentes, a pedra que os edificadores rejeitaram, esta foi posta como a principal da esquina, 8. e: Como uma pedra de tropeço e rocha de escândalo; porque tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.

Cuidado com ele, pois está prestes a voltar.