A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Teologia fala: diferença entre hábitos herdados e transmitidos

#paisefilhos 


⏩⏩Transmitimos aos nossos filhos, hábitos bons e ruins. Eles, herdaram de nós a descendência de Adão, assim como, a recebemos de nossos pais. Por este motivo a sua tendência é se deixarem influenciar mais rapidamente pelos nossos hábitos ruins.

Aos poucos eles vão nos imitando, até que nossos maus hábitos sejam incorporados ao comportamento deles. Não é uma coisa tão demoníaca assim, somos nós, pais, que os influenciamos. Os demônios apenas potencializam os efeitos desta convivência tão íntima com as pessoas que eles mais amam e admiram.

Devemos vigiar mais a nós mesmos do que possíveis entidades demoníacas envolvidas na sua formação.

A maldição não é a imposição de um hábito por demônios, mas uma disciplina aplicada pelo próprio Deus, que pode usar instrumentos diversos para aplicá-la.

"Visitarei a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta gerações" (aqueles filhos que absorveram as nossas iniquidades) Êxodo 20.

É necessário detectar se seu filho manifesta tendências mais as suas genéticas ou tendências adquiridas de você. Exemplo disso vemos em nenê a quem ninguém ensinou fazer pirraça, mas faz. De onde ele aprendeu? É a tal da natureza adâmica, que já trás consigo algumas inclinações ruins.

Esmagar estas tendências levando o filho a nascer de novo em uma nova raça, a qual descende de Jesus Cristo. Convivendo com Cristo, adquirimos os hábitos dele. O parto costuma ser demorado e em alguns casos, difícil.

Tendências adquiridas dos pais, precisa de um reconhecimento por parte dos pais, pedindo perdão pelo mau exemplo e fazendo um pacto com o filho para que ambos se auxiliam, mutuamente para deixarem estes hábitos.

Tendências genéticas começam a ser tratadas a partir da implantação da nova natureza legado pelo segundo Adão, Jesus Cristo.

Não há como modificar a velha natureza. Domesticá-la não é suficiente, é preciso crucificá-la, destruí-la e a enterrar a milhares de palmos debaixo da terra.

Jesus Cristo quer nos atrair a si e reconstruir nossa alma. Você só precisa deixar ele fazer isso com você.

CONCLUSÃO

O mesmo texto de Êxodos 20, que fala descreve Deus visitando a iniquidade dos pais nos filhos, diz que ele também visitará até 1000 gerações, as pessoas que se deixaram impregnar pelo bem.

Ubirajara Crespo