A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Versículo de hoje


E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos. E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde. Atos 4:1-3

Capitão do Templo (grego, sagan) era um cargo político e religioso, superado apenas pelo Sumo Sacerdote. O regime da época levava o nome de teocrático, mas foram eles que rejeitaram o Rei Jesus.

Os cargos políticos eram, na sua maioria, dos saduceus, que também se opunham a doutrina da ressurreição, tema que ocupava um lugar especial na pregação apostólica. Ressentidos, devido a esta predica repetitiva, fizeram questão de comparecer a este evento.

Parece que esta repressão ostensiva não adiantou muito, pois o numero de seguidores subia geometricamente. O numero de homens chegava a quase 5000, isto sem contar as mulheres, que naquela sociedade machista, não eram contadas. Havia ate quem promovesse discussões em torno do seguinte tema: Mulher tem alma?

Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil. 
Atos 4:4

As reações por parte das autoridades religiosas costumavam ser violentas. Os saduceus, principalmente, pois ocupavam cargos políticos e provinham da nobreza real. Eles temiam perder a autoridade e o poder de governar.

Ubirajara Crespo