A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Como responder aos insultos de um satanista?


Excluí o comentário do "anônimo" (esta foi a sua assinatura) porque ele não demonstrou estar possuído por qualquer tipo de piedade cristã em suas palavras. Não me senti à vontade para expor meus leitores a este tipo de acesso de ódio dirigido à minha pessoa.

Eu estou tentando criar em mim e nas minhas amadas ovelhas uma atitude realmente piedosa e não quero trazer aqui o tipo de conversa que foi iniciado por este rapaz se assinou como anônimo.

Gente assim deve receber de volta o nosso amor. Foi para os doentes que Jesus veio e não para os sãos.

Jesus tira de nós a sede de vingança, a indiferença e a agressividade extrema. Quem anda longe de Jesus não é manso e humilde e ainda tenta provocar em nós, servos do Altíssimo, estas mesmas reações truculentas.

Mas em uma coisa este rapaz tem razão: Estou realmente muito longe da perfeição. Eu até pediria para ele orar por mim, mas avaliando as suas palavras, não acho que tenha algum interesse no meu bem estar.

Deus te abençoe, Sr. Anônimo. Se você quiser, é claro.

Só preciso lhe esclarecer de alguns itens, pois infelizmente alguns urubus, em sua procura frenética por carniça, são acometidos por miragens, principalmente se lhes faltar este prato tão sofisticado. Afaste-se desta carniça, ela é muito indigesta.


A Naós não faliu, nós nos juntamos a uma Editora maior do que a nossa e nos tornamos parte do mesmo sistema. Isto nos deu uma condição de distribuição muito grande, tanto que os nossos livros estão praticamente esgotados. 

Vamos lançar no próximo mês duas Bíblias de Estudos e, assim que estiver pronta, uma terceira, estamos em contato com editoras estrangeiras, de onde adquirimos autores muito famosos e sérios, sem contar os projetos incríveis que temos a médio e longo prazo.

A oferta feita pela Novo Século, foi boa, lucrativa e veio em boa hora. Veio exatamente quando eu precisava parar por causa de uma enfermidade cardíaca que me impedia de trabalhar arduamente, como vinha fazendo até então. Diminui inclusive as viagens durante as quais ministrava alguns seminários.

Apesar da arritmia grave, que pode me levar a qualquer momento, estou tão feliz, que nada poderá me perturbar. Continuo trabalhando, mas em casa, faço meus horários, curto os meus netos um tantão assim. 

Não escondo a minha vida particular de ninguém, nem mando colocar cordão de isolamento ou seguranças por onde eu passo. Geralmente me hospedo na casa de alguém ou vou para um hotel, mas almoço com o povo da Igreja, sendo que muitas destas vezes é um almoço comunitário na própria Igreja. Á noite um grande grupo de leva para comer Pizza e depois de cada culto fico no pátio conversando com as pessoas. Estou totalmente exposto, pois não tenho nada a esconder.

Quanto à existência da irmandade, tenho dúvidas sim. Este foi o assunto abordado pelo Sr. anônimo. Sempre corroborei as narrativas do Mastral, no que se refere aos acontecimentos ocorridos nas Igrejas (Perdizes, Morumbi e Palavra Viva). Afinal fui pastor de duas delas e os pastores das demais igrejas que ele relaciona eu desfrutei de grande amizade, desde a época do seminário. Ele errou algumas datas, disposições dos imóveis e na proporção do acidente com a filha do Pr. que ele chama de Brit (rolou apenas alguns degraus) e o tamanho da doença mental do pastor de Perdizes, mas algo parecido com isto aconteceu.

O Mastral nunca apresentou provas documentais, testemunhais, audíveis e em vídeo da existência deste grupo. Depois de tanto tempo, só convocando uma reunião com alguns demônios como Abraxás e até mesmo o próprio lúcifer, mas duvido que eles estejam dispostos a contar a verdade. Assim como Jesus é a verdade, o diabo é a mentira, embora não nas mesmas proporções, pois a verdade de Jesus é bem maior do que a mentira do diabo.

Depois de mais de 10 anos de convivência, jamais apareceu alguém que tivesse se relacionado com ele na época da irmandade. Precisei confiar na palavra do Mastral, e realmente confiei. Durante um bom tempo ele se mostrou confiável.

Poderíamos até continuar a amizade, pois negócios e amizade não precisam caminhar juntos, mas escolhi me afastar pois as pessoas mudam, inclusive eu. Não sou obrigado a cultivar amizade com todo mundo. 


Sei que os especuladores gostariam de espalhar a última notícia, mas infelizmente não vou colocar este tempero na sua sopa. As pessoas se tornam nocivas e não temos de ficar perto de alguém que deseja nos prejudicar. Por outro lado não precisamos desejar a sua explosao.

Oro todos os dias por ele e gostaria de pedir que todos vocês orem pela minha saúde, que está meio abalada, mas controlada por remédios.

Estou feliz e o meu coração está leve, sem mágoas ou rancores e espero que continue assim, pois dentro de 20 minutos tudo pode mudar.

Mas se Deus continuar me ajudando, não vou mudar.

Em Cristo

Ubirajara Crespo