A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Desfazendo ligações familiares

Corte do cordão umbilical

O cordão umbilical é o primeiro laço a ser desfeito entre o recém nascido e sua mãe. O processo de crescimento tem início imediato e se espera, mas que o nenê assuma a responsabilidade de se abastecer de oxigênio, usando seus próprios pulmões.

Concomitantemente, são iniciados outros processos emancipadores, cujo apogeu será alcançado quando conseguir andar com suas próprias pernas e fabricar seus próprios anticorpos.

O processo todo passa por várias fases. Começando com a emancipação emocional, formação profissional, escolhas morais, construção da família e a tomada do rumo espiritual. Todas estas escolhas determinarão o que saberá, como viverá e quem será.

A visão cristã aponta para prováveis cortes familiares. Chega o momento em que você percebe que é capaz de decidir quais costumes, principais, direções, métodos e critérios familiares deverá mantém e quais precisa dispensar.

A Bíblia fala o seguinte: "sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo" (1Pd 1:18‭-‬19).

Entre os vínculos familiares a serem cortados, podemos encontrar compromissos espirituais com entidades infiltradas na família. Quem trabalha com orientação espiritual e recebeu o dom de discernimento, poderá ajudar seu consulente a descobrir, quais costumes estas entidades procuram preservar e quais marcas familiares pretendem manter.

O diabo procura nos manter agarrados aos fúteis procedimentos recebidos de nossos pais. Indiferença, agressividade, vícios, trapaças, subornos e competitividade são apenas algumas das desarrumações causadas por #demônios.

O resultado é uma casa interior espiritualmente, emocionalmente e intelectualmente desarrumada. Jesus se oferece como faxineiro da sua alma e solicita a sua participação neste processo de limpesa, desinfecção e reorganização interior.

Está na hora de desligar o cordão, que ainda o liga às cargas negativas construídas em sua família original e se ligar a Jesus Cristo. Não se desligue da sua família, não a trate com desprezo nem se transforme em seu opositor. Isto seria uma amostra de que o seu cordão umbilical continua ligado à fonte errada.

O #EspíritoSanto espera que os seus frutos passem a brotar das suas atitudes, escolhas, reações e decisões.

Ubirajara Crespo.