A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Com que cara eu vou

Operação Carne Fraca invade todo tipo de relacionamento.

Cônjuge que insiste em sua infidelidade é uma pessoa em adiantado processo de desmonte. Quanto mais se deixa dominar por sua carne fraca, mais se distancia rapidamente do seu EGO original.

Dentro de casa vive uma mentira e fora de casa monta histórias de conquista acrescentando detalhes sórdidos para uma plateia embevecida é invejosa. Para se tornar um conquistador eficiente precisou construir várias caras, interpretar diversos papéis, tantos, que já nem sabe qual deles é o original.

Este indivíduo já perdeu sua pessoalidade assim e adotou uma pintura que mudam-se cor conforme as luzes do ambiente. É totalmente indigno de confiança, de quem quer que seja, pois ninguém sabe, exatamente, com quem está lidando naquele exato momento. 

É capaz de enganar até a si mesmo, tentando se convencer de que é aquele personagem do qual mais gosta, mas não o vive durante todo o tempo. Está disposto a inventar argumentos sórdidos para justificar seus atos de adultérios e as personalidades maquiavélicas que utiliza em benefício próprio. 

O pior de tudo é que a sociedade masculina o aplaude e admira. Seu fã clube é, na sua maioria construído por uma assistência composta por seres frustrados. Seu auditório é lotado por seres sem criatividade, inteligência e que, se sentem satisfeitos por cultivar uma sensação de cumplicidade neutra.

Sua recompensa maior será recebida no inferno.

Qual será a sua cara de hoje?

#infidelidadeconjugal #casamento #traicao #adulterio 

Ubirajara Crespo