A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

sábado, 31 de dezembro de 2016

Pais e filhos

A Bíblia recomenda, veementemente aos pais, que não provoquem a ira de seus filhos. Ela ensina como ganhar os filhos e não a perdê-los. 


Autoridade e o respeito são conquistados e não impostos. A imposição é sinal de incompetência paternal. Acontece quando os pais não são vistos como exemplos dignos de serem seguidos.
A adolescência não é uma fase de rebeldia, é a fase na qual a gente colhe o que plantou até ali.
Autoridade e respeito são conseguidos mediante muito amor, paciência, dialogo, passeios, lazeres diversificado, volume de voz pendendo mais para a suavidade do que para gritos e ameaças.
Os filhos precisam

SUBMISSÃO: Filhos, obedecei a vossos pais é uma recomendação óbvia, mas esta norma não tem mão única, ou seja, só do filho para o pai. Não basta mostrar as divisas e a patente. A responsabilidade maior é sempre a do pai. O que inclui não deixar dúvida nenhuma de que seu filho é o bem mais precioso já construído pelo casal. Demonstramos isso através de atos sacrifíciais, despojamento, misericórdia, benevolência e muita paciência.

A tarefa feita a dois, sendo que do lado de cá estão os pais e do lado de lá os filhos. O objetivo final é chegar ao ponto de estarem todos de um só lado. No lazer, na fé, no amor, na missão de vida e nas amizades.

Cobranças devem acontecer, mas sempre calculando a dose certa dessa mistura de cobranças e de elogios. Quando esta dosagem não é bem feita, o relacionamento desmorona. A diferença entre o remédio e o veneno está justamente na dose. Remédio demais mata.

A organização mundial da saúde divulgou uma nota dizendo que morre mais gente por excesso de comida do que por sua escassez. São inúmeras as doenças causadas por uma dieta descontrolada. Apliquei isso ao seu relacionamento com seus filhos e descubram a dosagem correta. Dosagem que varia de criança para criança e nas suas diversas fases de vida e (infância, adolescência, juventude, adultos e meia idade).

Ubirajara C Crespo